quarta-feira, 6 de maio de 2009

... amor de carne e osso ...

Hoje quando acordei ficou difícil pensar em outra coisa. Não lembrava do dia cheio, do trabalho e das matérias chatas que tenho que escrever. O que eu quero mesmo é escrever sobre você. Que está sempre aqui. Mesmo morando longe. Me mostra que tenho tudo o que preciso. Que tenho sorte. Que tenho você. Seu beijo. Seu abraço. Os seus olhos que se fecham quando você ri.
As pessoas vivem de rótulos, julgamentos e amores de mentira. Você não julga. Nunca. Nem a mim nem a ninguém. Muitas vezes sofre por isso. Já que não é todo mundo que tem a alma bonita como a sua. Se eu estou errada me diz, com todas as letras, mas não me julga. Respeita meus erros e me ensina a aprender com eles. Me oferece o ombro e palavras lindas.
Você que sabe tanto de mim, e mesmo assim ainda me quer. Me entende como poucas pessoas e entende que mesmo parecendo transparente demais, o que eu tenho de melhor, não é todo mundo que vê. Era isso que eu queria. É isso que eu preciso agora. Um homem muito maior que eu, em vários sentidos. Que me deixe ser menininha um pouco.
Não estava acostumada com isso. Sempre vivi no meio de gente que não sabe amar. Muitas cobranças e pouca compreensão. Por isso, não acreditava que você existia. Mas você existe. Me mostrou quem eu sou, o que eu quero e me devolveu pra mim. Me encontrou e me ensinou a não ter medo de sentir. De me entregar.
Depois de tanta confusão, meu coração ficou esgotado. Aí eu percebi que contos de fadas não existem. Eles são muito chatos, insustentáveis... Quero um homem como você. Que tem muitas histórias e pessoas antes de mim. Quero ouvir sobre elas e rir junto com você. Aí eu entendo que tudo isso aconteceu para que a gente ficasse junto agora. Tem coisa melhor que isso?? Escrever vários rascunhos pra depois passar a limpo e transformar tudo num texto perfeito?? Agora eu sei que todos que passaram pelas nossas vidas nos ensinaram a sermos um do outro.

Tudo bem, no nosso texto existem algumas exclamações, vírgulas e palavras mal colocadas. Mas não temos muito que corrigir. Eu quero você com todas as letras, acentos e erros de digitação.

Não preciso de demonstrações públicas e palmas da platéia. Quero o som do seu sorriso.Quero maratonas de Lost, filmes de menina, tremoço, queijo, vinho, cerveja e keep cooller. Quero passeios no Parque com o meu filhote, que você adotou, mesmo depois dele deixar seu carro cheio de babas e pêlos. Quero você que entende as minhas crises de TPM insuportável e sabe curá-las com toblerone. Você que sabe o quanto meus poucos amigos são importantes pra mim e gosta deles comigo.

Quero você que me ensinou a fazer planos e me mostrou a casa que a gente vai morar. Fiquei boba. Você pensou no espaço pros meus cachorros e no cantinho onde podemos fazer festa com os nossos amigos. Isso sim é ter sorte. Onde tudo é aparência, o que a gente tem é raro. Raro, lindo e incrivelmente real.

Eu não sei viver amor de mentira. E não quero só uma história bonita para contar. Quero um homem que esteja do meu lado todas as vezes que eu tropeçar. Que me ajude a levantar. Que tenha defeitos, chatices, fraquezas. Mas que seja só meu nesse mundo onde ninguém é de ninguém.

5 comentários:

♥ Janinha ♥ disse...

Ja disse que sou sua fã??

Pois sou!!!
Parabensss pelo texto muito bom.

As coisas não andam direito lá fora

nem fale]
bjos

Gica disse...

ai q texto lindo!!!!!!!!!!!
tbm nao quero só uma historia bonita p contar =)
bjus MARI ,adoro-te

Delcio disse...

Ahhh linda !!!

Por mais que minha leonice goste, não sei se sou tudo isso, mas as coisas acontecem quando tem que ser.

Sorte nossa termos nos re-encontrado depois de várias voltas.

Te amo !!!

Diii disse...

Ai q lindimaiss!!! Recebeu minha msg ontem???

Beijoooo!!!!

Delcio disse...

Preciso imprimir isso aqui pra por num quadro.

Bj