segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

... pega na mentira ...

O tempo vai passando. E a gente aprende que todo mundo mente. Até que se prove o contrário. Desde crianças ouvimos que a verdade é sempre a melhor solução, que dizer a verdade nos liberta, enfim, mil coisas. Mas o fato é: mentir é uma necessidade. Nós mentimos pra nós mesmos por que a verdade geralmente dói demais.

Lá no fundo, talvez ninguém queira ouvir. Às vezes dizemos a verdade por que a verdade é tudo o que temos pra dar. Às vezes dizemos a verdade por que a gente precisa gritar bem alto pra ela chegar aos nossos próprios ouvidos. E aqui está a verdade sobre a verdade: machuca. Então a gente mente.

Eu menti pra você. Menti quando disse que estava tudo bem. Menti quando disse que não me importo mais. Menti quando tentei procurar você em outros beijos. Menti quando disse que não sinto ciúme. Menti quando você me disse que estava confuso e eu respondi que sabia exatamente o que queria. Não, eu não sei. Eu achava que sabia, mas não sei. Eu menti também quando te disse, que ao contrário de você, eu não tenho medo. É mentira. Eu estou apavorada.

Ta bom. Eu me entrego. Sou uma impostora. O que vocês todos estão vendo aqui não é exatamente real. Pra falar a verdade, acho que tudo é mentira nesse mundo. Eu minto pra me sentir mais forte. Pra mostrar que eu sou super bem resolvida e não ligo mais pra todas aquelas baboseiras românticas. Eu minto. Ninguém acredita. Nem eu. Nem você.

2 comentários:

Thais França disse...

Acredita que só hoje me liguei do seu blog aqui?! Acabei de linkar no meu! Beijos (ainda não li seus textos... vou imprimir e ler de uma vez... a vida aqui tá braba!)

ah... mentir é comum... se for mentirinha de mentira. Mentirona não pode.

tatiana disse...

Oi amiga, tudo bem????
O pior que mentir e acreditar nas pessoas. E eu ainda continuo acreditando nelas.
Mas tudo bem um dia eu aprendo.
Beijos
Tati